Omar Talih


localizar

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Pensando na Violência...


O QUE É VIOLÊNCIA?
Desviar dinheiro publico? Entregar merenda estragada e com preços super faturados?
Abusar de um cargo publico e exercer um poder para o qual não esta capacitado?
Bater na companheira(o) ou mesmo cometer assassinato por motivo qualquer?
Violentar crianças, censurar jornais, torturar presos, invadir a privacidade de alguém?
Poderia passar o dia tentando enumerar e o tempo seria curto.
Estamos tão envolvidos nessa teia que muitas formas de violência se tornam "normais".
Patrular as amizades, com quem se fala no MSN, Orkut ou outra forma de comunicação eletronica, seja pelos pais, maridos, mulheres ou afins também é uma forma de violência, principalmente quando ultrapassa certos limites, o da segurança, no caso dos pais. Mas não há justificativas para as interminaveis perseguições cometidas pelos companheiros e vinganças idiotas com publicações de fotos de momentos intimos, quando do fim do relacionamento. Somos violentos, inescrupulosos, sem carater e nos ocultamos numa moralidade que não tapa  a verdade. Muitos dirão: " Eu nunca fui violento com ninguém!". Será?
Pequenas maldades também são formas de violência. Quem nunca as cometeu?

Um comentário:

  1. Quem nunca foi violento, que atire a primeira pedra e junte se ao clube!

    ResponderExcluir